quinta-feira, 10 de setembro de 2009

UM DIÁLOGO ENTRE UM RAPAZ E UMA RAPARIGA

De uma maneira ou de outra os contactos com os meus ex-alunos vão-se mantendo. Desta vez a Ana Almeida enviou-me, por e-mail, um pequeno diálogo que escreveu. Aqui fica, pressentindo-se outros voos.


- Esta noite está linda!!! -exclamou a menina - mas para haver uma grande noite como esta, é preciso uma grande lua, porque uma noite sem lua não é nada!
- Pois nesse caso há uma possibilidade de haver duas luas e duas noites!!! – exclamou o rapaz. Sabias?
- Não, mas quem é a segunda lua e a segunda noite?
- É fácil -disse o rapaz - tu e eu !!! Se uma noite sem lua não é nada e se eu sem ti não sou nada, é como se eu fosse a noite e tu a lua!!!

ANA ALMEIDA

Rita Carrapato


3 comentários:

Isabel Preto disse...

Obrigada, pela visita e pelo incentivo.
Beihjinhos e bom ano.

Um Olhar disse...

Belo texto de amor!
Só alguém puro e apaixonado escreveria este lindo texto!!!
Parabéns, à aluna que nunca lhe falte inspiração para nos brindar com doces palavras.

GBjo
Fatima

Manuela Fonseca disse...

Há muito tempo que não descia nesta paragem. E quem perdeu, fui só eu, acreditem!
Derreti-me toda ao ler este poema (dialogado) tão transparente, puro, cheio de magia.
Os meus parabéns a essa menina e que continue a escrever coisas do coração, sempre!

Beijinhos às duas amigas.
Um exemplo a seguir!
Manuela